Leilões do Detran – Descubra Como Comprar Carros Bons e Baratos - Tudo Aplicativos

Leilões do Detran – Descubra Como Comprar Carros Bons e Baratos

Anúncios

Se economizar na compra de um carro é seu objetivo, considerar os leilões do Detran pode ser uma ótima ideia.

Você tem a chance de arrematar carros usáveis ou sucatas por preços bem inferiores aos do mercado. O processo começa quando o Detran apreende veículos que não foram reclamados pelos proprietários após 60 dias.

Anúncios

Caso não haja regularização por parte do dono, o carro é avaliado e encaminhado para leilão, que pode ser presencial ou online.

Portanto, quer você esteja procurando um carro para si mesmo ou pensando em revender, os leilões do Detran sempre oferecem boas oportunidades para quem consegue comprar algum item.

Anúncios

Se você está interessado e quer saber mais sobre como esses eventos funcionam, continue lendo abaixo.

Vamos compartilhar mais detalhes que podem ajudar você a decidir se é uma boa ideia para você e explicar como você pode participar.

De onde vem os carros que vão para Leilão?

Os veículos leiloados vêm de diversas situações onde acabaram apreendidos pelo Detran. Isso acontece, por exemplo, quando os donos não pagam multas ou impostos, ou se o carro está envolvido em alguma situação ilegal e não é reclamado dentro do prazo estabelecido.

Muitas pessoas se perguntam se comprar nesses leilões é seguro devido a essas circunstâncias. A resposta é sim; participar de leilões do Detran é seguro.

Apesar da natural desconfiança quando algo parece muito vantajoso, os leilões do Detran são uma forma legítima e confiável de adquirir veículos por preços mais acessíveis.

Os veículos leiloados pelo Detran vêm de situações em que foram apreendidos por não cumprimento de diversas obrigações legais pelos seus proprietários. Quando esses automóveis ficam mais de 60 dias no pátio do Detran, acumulam dívidas significativas, tornando-se muitas vezes inviável para os donos recuperá-los.

As razões para a apreensão incluem:

  • Falta de pagamento do IPVA ou da taxa de licenciamento;
  • Dívidas de multas;
  • Direção perigosa ou irregular;
  • Permitir que uma pessoa não habilitada dirija o veículo;

Estas são infrações de trânsito comuns que levam à apreensão de veículos, geralmente identificadas pela Polícia Militar durante operações de blitz.

Após o prazo para que os proprietários regularizem sua situação, os veículos são encaminhados para leilão pelo Detran como uma forma de cobrir as dívidas acumuladas.

É importante notar que, embora a compra em leilões do Detran possa ser uma oportunidade de economia, é essencial tomar certos cuidados antes de participar, assim como em qualquer outro tipo de leilão.

Comprar um carro em leilão por um preço bem abaixo do valor de mercado é, sem dúvida, atrativo. No entanto, mesmo sendo uma transação segura, é crucial tomar certos cuidados. Um aspecto essencial é considerar para que você quer o carro.

Nos leilões do Detran, existem basicamente duas categorias de veículos:

  • Veículos Sucata: Estes são carros que não podem mais circular em vias públicas e têm seus registros cancelados permanentemente. Se você comprar um carro dessa categoria, poderá usá-lo apenas para vender as peças. Importante: apenas pessoas jurídicas registradas no Detran podem comprar esses veículos.

  • Veículos Conservados: São carros que podem voltar a circular e ter o registro transferido para o novo dono. Eles podem variar muito em termos de condição e, na maioria das vezes, precisam de algum tipo de reparo. Por isso, é vital ler o edital do leilão com atenção para entender as condições do veículo.

Um ponto chave é que, nos leilões do Detran, não é possível testar os veículos antes da compra. Então, é importante ler bem o edital e analisar as informações da inspeção feita pelo Detran.

Para leilões presenciais, geralmente é permitido fazer uma inspeção visual no local onde o veículo está guardado, conforme as datas indicadas no edital.

Quanto vai me custar?

Quando se trata de participar de um leilão do Detran, é essencial ter uma ideia clara dos custos envolvidos.

O valor inicial para dar um lance varia bastante, dependendo do veículo e do que é especificado em cada edital. Por exemplo, para sucatas de motos, os lances podem começar em apenas R$10,00. Já para carros em melhor estado, o lance inicial pode ser algo em torno de R$800,00 em média.

É importante lembrar que alguns dos carros leiloados podem parecer quase novos, mas devido ao tempo que passaram no pátio, é possível que apresentem defeitos. Isso pode ir de uma simples necessidade de reparo elétrico até a substituição do motor.

Esses reparos ficam por conta do comprador, então é fundamental considerar esses potenciais gastos adicionais ao decidir sobre o lance.

Além do preço de arremate, você também terá despesas com taxas de transferência e vistoria. O Detran não cobre nenhuma dessas despesas relacionadas à mudança de titularidade do veículo ou aos reparos necessários.

Contudo, a ampla variedade de veículos disponíveis nos leilões significa que há boas chances de encontrar algo que atenda às suas necessidades e orçamento, desde que você leve em consideração todos esses custos adicionais.

Quem pode participar dos leilões do Detran?

Nos leilões do Detran, quase todos têm a chance de participar, seja você uma pessoa física ou jurídica.

Existe, contudo, uma restrição importante a se considerar: servidores públicos da Polícia Civil ou Militar, assim como pessoas que trabalham de forma terceirizada para esses órgãos, não são permitidos a participar dos leilões. Essa medida visa prevenir potenciais conflitos de interesse.

Outro ponto importante é que menores de 18 anos também estão excluídos da participação. No entanto, o Detran permite que pessoas com o nome negativado e estrangeiros se cadastrem e participem dos leilões, o que amplia bastante o leque de potenciais compradores.

E para aqueles que não possuem carteira de motorista (CNH), ainda é possível participar e dar lances; a única restrição é que não poderão dirigir o veículo adquirido até que regularizem sua habilitação.

Como participar de leilões do Detran?

Participar dos leilões do Detran é um processo simples, desde que você atenda aos requisitos necessários. Aqui está um guia básico para pessoas físicas interessadas em participar:

  • Cadastro: Primeiro, você deve fazer o cadastro usando o e-mail fornecido no edital do leilão.
  • Comparecimento ao Evento: Para leilões presenciais, vá até o local especificado no edital.
  • Dar o Lance: Faça o seu lance, respeitando o valor mínimo indicado no edital. O vencedor será quem fizer a melhor oferta.
  • Código para Pagamento: Após vencer, você receberá um código para emitir a DAE (Documento de Arrecadação Estadual) para pagamento. Você terá 15 minutos após o leilão para se dirigir à mesa de atendimento com os documentos necessários.
  • Documentação e Recebimento do Veículo: Com a documentação correta, você receberá uma carta de arrematação para efetuar a transferência do veículo dentro do prazo estipulado. Se houver algum problema com a documentação, o veículo será reofertado em leilões futuros.
  • Pagamento: O valor do lance deve ser pago via DAE dentro de 3 dias úteis.
  • Regras: Se alguma regra for descumprida em qualquer etapa, o veículo arrematado será devolvido ao órgão e incluído novamente em leilões futuros.

Essas instruções são um resumo para ajudar a entender o processo, mas é crucial consultar o site do Detran ou o edital específico do leilão para obter informações detalhadas e completas sobre como participar corretamente.